Home Empresa Serviços Borracharia Acessórios Promoção
Dicas da Pantera
   
Consulte as formas de pagamento
Dicas - Escapamentos
  1 Examine sempre o escapamento do seu carro a cada 10.000 km rodados com seu veículo. A revisão é gratuita na Duas Pistas!
Revisar o escapamento é um serviço rápido. E na Duas Pistas você não paga por isso. Quem sai ganhando é você: se algum problema for percebido, você fica sabendo na hora e pode corrigir antes de dar mais problemas ainda. Ferrugem, silencioso furado, suportes soltos, borrachas desgastadas são alguns dos problemas mais comuns.
  2 Escapamento em ordem é mais saúde! É menos poluição do ar, menos barulho, pele mais limpa e pulmões mais limpos, entre outras vantagens.
Você pode colaborar com sua saúde e a de outras pessoas da sua cidade com o simples fato de ter o sistema de escape do seu veículo em perfeita ordem. Escapamentos em ordem não emitem ruídos acima dos permitidos, filtras os gases mais nocivos e ainda evita a emissão de poluentes que podem atingir a pele causando males.
  3 Odores estranhos do escapamento do seu carro pode ser sinal de catalisador inoperante, Revise grátis na Duas Pistas!
Quando você sentir cheiro muito forte saindo pelo escapamento, fique esperto. Pode ser sinal de combustível adulterado, catalisador inoperante ou escapamento com algum tipo de problema. Mas se o seu escapamento é novo, não estranhe. É normal nas primeiras horas de uso ele emitir um cheiro semelhante ao de “queimado”.
  4 Perda de rendimento do motor, barulho, ou batidas fortes no escape podem ser ”avisos”: o catalisador precisa ser substituído.
Muita gente não sabe, mas o escapamento influencia diretamente no rendimento do motor. Você sente isso no acelerador, pela resposta inadequada. Se somado a isso você ouvir barulhos debaixo do veículo, convém parar na Duas Pistas para verificar. O diagnóstico, na maioria das vezes é simples se feito por nossos técnicos.
  11 Fique atento: veículo bicombustível pode exigir catalisador diferente dos motores a gasolina, dependendo da aplicação.
Se você está precisando trocar o catalisador ou fez alguma modificação do sistema de abastecimento de combustível do seu veículo, convém se certificar de que o modelo está de acordo. Existem diversos modelos de catalisadores das grandes marcas e existe um adequado perfeitamente para o seu caso.
  12 Catalisador inadequado pode causar não conversão de gases, perda de potência e aumento de consumo de combustível
CETESB é a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental, ligada à Secretaria do Meio Ambiente do governo de São Paulo. Entre outras atividades, faz o monitoramento dos índices de qualidade do ar no Estado.
Ela quem aprova os catalisadores
e recomenda modelos especiais para
veículos movidos a Gás Natural Veicular.
Como chegar na Loja
   
 
  5 Escapemento é projetado para dar vazão aos gases do motor e manter desempenho, economia e nível de ruído. Alterações rompem este equilíbrio.
Não deixe qualquer um mexer no escapamento do seu veículo fazendo reparos só para quebrar galho. Os escapamentos saem de fábrica após anos de pesquisa e qualquer alteração pode mudar o desempenho do seu carro. Você vai sentir diferença no consumo e no rendimento do motor, além de barulho estranho.
  6 Carro mais lento, mais gastador e até mais barulhento são alguns resultados da falta de cuidado ou revisão do escapamento
Escapamento em ordem é conforto ao dirigir. Muitas vezes, com uma simples troca ou reparo você muda totalmente a sensação ao dirigir. Você sente no ouvido, no nariz, nos pés, nas mãos, na pele e até no bolso, porque a economia você vai notar imediatamente. Cuide bem do escapamento do seu carro: por tabela você estará cuidando de você!
 
  7 Escapamento furado deixa vazar dinheiro do seu bolso: Influencia no desempenho do motor e provoca diversos desajustes.
FALTA EXPLICAÇÃO
 
  8 Colabore: Evite a poluição sonora! A emissão de ruídos pelo sistema de exaustão deve ficar entre 77 e 84 decibéis.
FALTA EXPLICAÇÃO
 
  9 Mais vida útil ao veículo, economia de combustível e redução da emissão de gases tóxicos. Graças ao escapamento!
FALTA EXPLICAÇÃO
 
  10 Liberação eficiente dos gases da queima de combustível: a principal função do sistema de escape do seu carro!
FALTA EXPLICAÇÃO
 
  11 O Conselho Nacional do Meio Ambiente estipulou limites máximos para emissões de ruídos por veículos, que ficam entre 77 e 84 dB.

Os métodos para medição de ruídos seguem as normas brasileiras NBR-8433 - sobre ruído emitido por veículo automotor em aceleração -, e NBR 9714 - relativo ao ruído emitido por veículo automotor parado. No segundo caso, o método de ensaio se refere à medição de ruídos nas proximidades do tubo de saída do escapamento.

As funções do sistema de exaustão de um veículo:
liberação eficiente dos gases provenientes da queima de combustível

  • redução dos ruídos inerentes aos motores de explosão
  • garantia de maior vida útil ao veículo
  • economia de combustível
  • redução da emissão de gases tóxicos
 
Dicas - Catalisadores
  1 Não retire o catalisador do seu carro. Essa ação prejudica as taxas de contrapressão, injeção, altera taxas de pressão do óleo etc.
Tem muita gente rodando com veículo sem catalisador ou com catalisador falso. Além de ilegal (sujeito a multas), essa prática produz danos em muitos pontos do veículo que foi projetado para trabalhar com este equipamento no sistema de escape. Sua adulteração ou remoção produz diversos problemas que irão se agravar com o tempo.
  2 Catalisador inoperante aumenta o consumo, desgasta o motor e interfere no sistema de injeção eletrônica.
A maioria dos motores para automóveis foi projetada para rodar acima de 100.000 km, em média. Esse número pode reduzir significativamente ou causar panes inesperadas no caso da remoção do catalisador, principalmente se o veículo já veio de fábrica com ele. Catalisador inoperante altera substancialmente o rendimento do motor.
  3 Retirar o catalisador deixa o veículo passível de multa e reprovação na hora da inspeção ou vistoria no Detran!
Cuidado! O seu veículo pode ser apreendido caso se constate a ausência desse equipamento no momento da vistoria no Detran de sua cidade. Se você comprou algum veículo usado ou semi-novo e está em dúvida sobre este equipamento, marque uma hora na Duas Pistas. Nós deixaremos você mais seguro depois de um diagnóstico.
  4 O catalisador transforma os efeitos nocivos (CO, NOx e HC) dos gases emitidos pelo motor em gases inofensivos (N2, H2O e CO2).
Não retire o catalisador!
A Duas Pistas só trabalha com catalisadores de reposição originais. Ele é sua garantia de que os gases tóxicos resultantes da queima do combustível dentro do motor não estão indo para a atmosfera. Os catalisadores possuem uma peça de cerâmica tratada com químicos especiais em seu interior que retêm diversas impuresas.
  5 Retirar o catalisador do seu carro ou deixá-lo inoperante é infração à resolução # 282 do Conama. Não seja multado!
Conama é o Conselho Nacional do Meio Ambiente. É o órgão federal regulador e responsável pelos critérios de aprovação de índices que medem as emissões de poluentes, inclusive por veículos. A resolução 282 desse órgão deixa claro que a remoção do catalisador do veículo é infração grave e você pode ser multado por isso.
  6 Catalisador genuíno tem vida útil de 80 mil km. Catalisador de reposição possui uma média de vida útil de 40 mil km.
A Duas Pistas Escapamentos tem experiência de mais de 14 anos em catalisadores. Por isso, só trabalha com as marcas que fornecem este item para todas as grandes montadoras do país. Por isso, quando você precisar trocar este item, esteja certo de que aqui você encontra peças de qualidade. Garantimos os serviços e as peças.
  7 A falta, adulteração, e instalação irregular
do catalisador pode dar multa de R$500 a R$10 mil ao autor.
Ninguém merece, não é mesmo? Então, não vacile. Marque hoje mesmo uma revisão na Duas Pistas. Depois disso você vai rodar tranqüilo. Um catalisador novo vale menos que uma multa dessas. E não tem jeito: não há como fazer reparos num catalisador falso. O jeito é trocar porque um catalisador falso não serve para nada. Só sucata...
  8 Gases nocivos provocam ardência nos olhos, nariz e mucosas, bronquites, enfisemas, insuficiência respiratória e até mutações genéticas.
Quer mais? Veja na página sobre catalisadores desse site tudo o que a falta de um catalisador pode provocar. Se você somar a isto o fato de muitos consumirem combustíveis adulterados, a situação piora ainda mais. Mas se você tem dúvidas sobre o estado do seu catalisador, passe na Duas Pistas. A revisão é grátis. E o cafezinho, também!
  9 Catalisadores são para durar como o carro, mas impactos na sua carcaça podem afetar e causar sérios danos, lenvando à perda total.
Catalisadores são peças resistentes, mas dependendo da estrada, um forte impacto por baixo do carro pode danificá-lo seriamente. Em muitos casos, não há outra saída que não seja a troca. Uma batida muito forte pode, por exemplo, quebrar a cerâmica do catalisador, parte sensível do sistema, que danificado fica inoperante.
  10 Carro sem conservação do motor e uso de combustível adulterado, compromete a duração do seu catalisador!
O catalisador é de ferro, mas mesmo assim também não resiste ao uso constante de combustível adulterado. Nessa condição pode-se provocar a interrupção do seu funcionamento normal pela criação de sujeira demasiada nas partes internas ou alteração substancial no banho químico reagente no interior da peça, entre outros problemas.
 
Dicas - Pneus
  1 O pneu deve ser escolhido
de acordo com o manual do veículo, que indica a medida
e o tipo mais adequado ao modelo do carro.
Não é qualquer pneu que pode ser colocado no seu carro. Você deve seguir as especificações contidas no manual do proprietário. Não observar isto compromete, entre outras coisas, o equilíbrio do veículo, a suspensão, a medição de velocidade, a dirigibilidade, o conforto ao dirigir e pode desequilibrar a estrutura geral da carroceria.
  2 Calibre os pneus de acordo com o recomendado no manual, uma vez por semana e antes de pegar estrada para sua viagem.
Pneus bem calibrados é sinal de responsabilidade! Por isso, semanalmente
e antes de viajar, faça uma checagem neles
na Borracharia da Duas Pistas. Além dessa cortesia da verificação, você aproveita e nós examinamos a condição geral, inclusive do estepe, dando um parecer técnico, dicas
de rodízio e calibragem recomendada.
  3 Não esqueça de calibrar o estepe com duas libras acima dos outros. Coloque sempre as tampinhas nas válvulas.
Muita gente esquece de olhar de vez em quando o estepe. E quando mais precisa... Não seja pego de surpresa. Além dessa dica ai de cima, veja como estão a profundidade dos sulcos, o nível de desgaste em relação aos outros, se não há alguma bolha ameaçadora, algum corte pouco aparente e outras coisas que só um especialista sabe ver.
  4 Balancear e alinhar os pneus do seu carro é coisa para cada 10 mil km ou quando surgirem as vibrações estranhas.
Qualquer vibração estranha ao volante você deve parar e verificar. Algumas delas só aparecem a partir de algumas velocidades mais altas. Em alguns casos, o problema pode ser corrigido com um bom alinhamento e balanceamento dos pneus. A Duas Pistas não faz este serviço mas faz questão de dar essa dica e, se precisar, trocar seus pneus.
  5 Manter os pneus alinhados e balanceados também evita o desgaste e deve ser feito quando de suas trocas.
A Duas Pistas tem opções interessantes de pneus para você que não está podendo trocar por novos agora, mas também não quer se arriscar com pneus de origem duvidosa. Passe em nossa Borracharia que veremos para você uma alternativa compatível, sem comprometer sua segurança! Duas Pistas: aqui tem gente que entende.
  6 Para aumentar a durabilidade dos pneus, faça o rodízio como indica o esquema do manual, a cada 10.000 km.
Se você é daqueles que não tem tempo para ler o manual, então passe na nossa Borracharia. A gente faz o diagnóstico geral e verifica se está na hora de alterar as posições dos pneus conforme recomenda o fabricante. Enquanto você toma um cafezinho (cortesia da casa), nós cuidamos da sua segurança.
  7 Dirigindo na chuva, reduza a velocidade. Assim os pneus aderem melhor à via e evita-se que o carro aquaplane.
Aquaplanagem? Este é o nome dado ao fenômeno dos pneus que perdem aderência à pista pela presença excessiva de água. Alguns pneus são fabricados para reduzir este efeito, pelo seu desenho especial. Mas se você enfrentar uma chuva, pise leve no acelerador. Assim, reduz a possibilidade de menos água entre pneu e pista.
  8 Estacione o carro sem deixá-lo com os pneus forçados junto às guias das ruas. Assim não se danifica a estrutura deles.
Tem gente que tem o hábito de deixar o carro com um pneu “travado” na guia da rua. Dependendo da posição do veículo ou inclinação da rua, esta força constante associada à pressão do pneu, temperatura ambiente e estado do pneu, pode provocar danos estruturais que tornam o pneu irrecuperável. Evite este mau hábito.
  9 Ao passar em lombadas, mantenha o volante reto e não deixe só alguns pneus passarem sobre elas. Evite alterar equilíbrios.
Cada vez que você faz isso, a carroçaria do seu carro sofre uma torção estrutural. Ou seja, seu carro entorta mesmo. Você pode não ver, mas é comum ouvir alguns estalos que podem ser abafados pelo som do carro ou das ruas. Outra conseqüência é forçar de modo desigual os pneus que, com o tempo, podem indicar fadiga.
  10 Mantenha sempre o pneu do estepe em ordem, porque você nunca saberá quando vai precisar dele.
Parece bobagem, não é? Mas muita gente fica na mão no meio da viagem, por conta disso. Por isso, antes de viajar ou a caminho, dá uma passadinha na Duas Pistas. Calibramos adequadamente de acordo com a carga do veículo e ainda fazemos uma inspeção geral no estado dos pneus. Se estiver a caminho da Anchieta, estamos no caminho!
 
 
 
 
 
 
 
 
Nosso negócio é criação!